30 de junho de 2011

O primeiro passeio sem o papai e a mamãe!

Sexta feira, eu atolada de coisas pra fazer, roupa para passar, janta para fazer, banho pra tomar, coisas a serem arrumadas, a vida não indo pra frente nem pra trás porque eu tinha que ficar brincando com a Yasmin senão ela choraria, eis que me aparece minha mãe me chamando pra sair, dar uma volta no shopping, espairecer, sabe?
Na hora fiquei tentada, mas teria que ir tomar banho, me arrumar, e com certeza meu pai não esperaria não (meu pai é apressadinho, do tipo que fica acelerando o carro pra fazer o povo andar logo), e quando olhei a bagunça das coisas desanimei total, até que tive uma idéia genial, eu não poderia ir mas a Yasmin poderia, portanto “Mãe, leva a Mimi com vocês!”.
Nem precisei pedir a segunda vez, minha mãe imediatista do jeito que é já pediu pra eu arrumar a malinha dela, colocar o carrinho no porta malas do carro, arrumamos a cadeirinha, e a mocinha só observando o movimento.
Coloquei quinhentas coisas na mala, roupas extras, fraldas extras, coloquei até o Tylenol dela na mala.
Arrumei tudo, peguei a pequena e a coloquei na cadeirinha, de imediato ela já notou que ia sair e começou a dar gritinhos de felicidade, fechei a porta o carro e lá se foram os três felizes rumo ao shopping dar uma volta.
Eu fiquei aqui em casa, com o coração meio apertadinho porque ela nunca saiu sozinha, e confesso que fiquei até com remorso em pedir pra minha mãe sair com ela pra que eu pudesse fazer meu serviço com calma.
Olhei para o berço várias vezes, e ele estava vazio, ficava me perguntando se ela estava se comportando bem, se estava chorando, e pensei até em ligar pra saber como as coisas estavam, mas achei melhor não, afinal, minha mãe é a pessoa que mais confio pra cuidar da Yasmin, não há nenhum outro ser na galáxia que eu confie tanto quanto nela, então deixei rolar.
Escureceu e nada deles voltarem, a essa altura, o serviço estava feito, a janta pronta, roupa passada, eu de banho tomado, mamadeira pronta pra hora que ela voltasse (eu mandei duas prontinhas, mas vai que ela tivesse mamado né?), e quase três horas depois os três chegaram.
A Yasmin com seus olhos de jaboticabas prestando atenção em tudo ao redor, e quando me viu deu um sorrisinho do tipo “ahh, oi mãe!”, não fez festa nem nada.
Eu, ao contrário da indiferença dela, peguei minha cria no colo, cheirei, beijei, perguntei à ela se o passeio foi bom, se chorou muito por estar longe da mamãe, e pra minha surpresa, minha mãe disse que ela não derramou uma lágrima sequer, que nem sentiu minha falta.

Como isso? Não sentiu minha falta?

Segundo meus pais ela dormiu até chegar no shopping, chegou e acordou, dava gritinhos de felicidade de dentro de seu carrinho, onde apreciava o passeio, sorriu para os passantes, mamou, voltou pro carro, dormiu no caminho de volta e fim de jogo, nem sentiu minha ausência.

Eu fiquei feliz por essa “independência”, mas pô, nem um chorinho, nem um resmungo do tipo “vovó, cadê a mamãe?”.
Ahhh, fiquei chateadinha sim, pode parecer bobeirinha sabe, mas eu fico com ela o dia todo, brinco, cuido, e ela nem sentiu falta de mim?
Se por um lado estou fazendo drama, por outro acho muito bom que ela fique com minha mãe, afinal, não sei o dia de amanhã e vai que preciso me ausentar por algum período (cirurgia, viagem de emergência...) essa é uma preocupação a menos, mas que eu fiquei tristinha dela não ter sentido minha falta nessas três horas de ausência, eu fiquei!

No fim das contas, acho que eu sou muito mais dependente dela, do cheirinho, do sorriso sapeca, da risadinha baixinha, dos gritinhos de felicidade, do que ela de mim.

E por hora, pra passear, só se for comigo junto, afinal de contas, vai que dessa vez ela estranha e dá trabalho neh?

E por aí meninas, jpa houve o primeiro passeio sem o papai e a mamãe junto?

Beijos


Juu

10 comentários:

  1. Oii Juu.
    Olha, nunca deixei Davi sair com ninguém, meus pais moramhá 600km de mim (snif), e, sei lá, por mais que minha sogra seja querida e tal, não confio pra deixar meu Davi com ela, vi o que ela fazia "escondido" com meu sobrinho quando minha cunhada deixava ele lá e não gostei (dava só porcaria quando ele ainda era bebê, hj fez 2 aninhos.). Então não confio, hehehe. Mas quando ele tinha 1 mês e meio e fui passear na casa de meus pais para batizá-lo, eu e meu marido deixamos ele com minha mãe e sua dinda, pra irmos ao shopping, mas foi horrível, não consegui ver nada do que precisava, liguei pra casa pra saber se ele estava bem, meus peitos estavam cheios pq estava chegando a hora de mamar, aiii, prefiro sair com ele junto, rsrsrs.
    Eita que mãe é bicho bobo, e eu sou ciumenta demais...
    Beijão pra ti e pra Mimi.

    ResponderExcluir
  2. Oi Juu, o Uri nunca saiu sem a mommy dele, mas temos uma vizinha q eh tipo uma avo pra ele e ja umas 3 ou 4 vezes ela o sequestrou pra casa dela (no mesmo andar) por uma hora mais ou menos, pra eu limpar a casa. Preciso confessar q eh um alivio sim, o tempo rende, da pra fazer mto mais coisas do q com eles por perto. Mas eh estranho, da mta saudades!! Eu o deixei com o Ariel tbem e sai com a minha irma por 2h e nao podia ver uma mulher om carrinho de bebe q eu queria chorar por nao ter trazido o meu.. ai ai... q dependencia a nossa, ne?

    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. O RC saiu uma vez com minha sogra mas pra ir a farmácia, demoraram tipo 15 minutos, conta?
    Mas na semana passada eu precisei ir resolver umas coisinhas na rua e o deixei em casa com minha prima, fui correndo demorei quase 2 horas, cheguei em casa e lá estava ele brincando com a prima e a vó sem nem sentir minha falta, pode. Bjks!!!

    ResponderExcluir
  4. Oi Ju,
    E Bella nunca saiu sem mim, eu é que saí sem ela uma vez parair ao trabalho, mas já deu saudade!

    bjo.

    ResponderExcluir
  5. Kkkkkkkkkk É, amiga... nossos babys são muito mais independentes do que nós, reles... mães..rsrs. Bom, o Noah ainda não saiu sem mim, não... mas já ficou algumas vezes sozinho com a vovó..rsrs. Bjsss

    ResponderExcluir
  6. é assim mesmo Ju, o Noah quando esta com os avós nem lembra de mim, e o pior pula do meu colo pra ficar com eles!! é a vida né? rsrsrs beijos

    ResponderExcluir
  7. adorei ver como ela tá crescendo

    ResponderExcluir
  8. Oi Julia!
    vc foi uma das minha escolhidas pro Selinho Mãe Coruja!!!
    Passa lá no meu blog: maedebia.blogspot.com

    Beijos...................

    ResponderExcluir
  9. Ju, comigo foi o contrário. Eu tive que sair e deixei a Maria Clara na minha mãe. Vim pra casa correndo e aflita, achando que ela estava sofrendo horrores e ela lá, no maior soninho tranquilo e gostoso! Agora diz quem depende de quem, amiga? NÓS é que dependemos delas!!!! :D

    Um beijo grande!

    ResponderExcluir
  10. Ju, essa semana me lembrei de vocês...
    Isaac chorou duas vezes pelo pai. A 1ª por se afastar de nós no mercado e a 2ª quando foi trabalhar de manhã. Fiquei com cara de "poxa"... Rsrsrsrs e lembrei do seu post na hora...

    Beijos

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário aqui‼